WhatsApp
(65) 3615-5221
Menu

Nossos Serviços

Corpo Clínico

Guia Paciente

Convênios

Radioterapia

Ouvidoria

Onde Estamos

Notícias

FAMILIAR, SAIBA COMO AJUDAR SEM ATRAPALHAR!

Publicado por Oncoguia em 13/04/2017 às 11:16


Alguém que eu amo está com câncer. E agora?

Sabemos que todos os processos com o diagnóstico e tratamento abalam não somente o paciente, mas todos os que estão envolvidos de alguma forma com ele, em especial, os familiares. 

Pensando nisso, desenvolvemos este espaço dedicado a conversar com familiares e também cuidadores, amigos e demais pessoas envolvidas de alguma forma com o câncer. Mas, esse não é um espaço normal: Ele foi desenvolvido especialmente por pacientes para que você se sinta no caminho certo quando o assunto é ajudar e acolher o seu ente querido.


 
17 Coisas que as Pacientes não falam sobre o Câncer de Mama
(
Dicas e Orientações de Paciente para Familiar)

 
"Outro dia assisti um programa de televisão que mostrou uma ex-paciente de câncer dizendo que 'você pode fazer qualquer coisa que coloca em sua mente'. As vezes, quando me vejo diante de muitas questões do meu diagnóstico, sinto que não é tão simples assim..." M.H
 
"Eu gostaria que as pessoas parassem de usar 'ele/ela perdeu a batalha, perdeu a luta'. Para mim, a palavra "perder" tem uma conotação negativa e câncer é uma doença, não uma competição. Meu pai morreu de câncer, mas nunca perdeu uma batalha. Ele só ficou muito doente e se foi." I.A
 
"Tenho 30 anos de idade, sou mãe de dois filhos e recebi o diagnóstico de câncer de mama já em estágio avançado cerca de uma semana após o meu aniversário. Só porque sou jovem não significa que sou invencível." N.H
 
"Quando recebi o diagnóstico, não sabia que pessoas da minha idade poderiam ter câncer de mama. Hoje, quando vou ao hospital ou em locais para fazer exames com a minha mãe, as pessoas sempre acham que ela é a paciente. Fiquei muito feliz quando soube que meu único tratamento seria a cirurgia, mas saber que tive câncer tão jovem foi extremamente difícil". B.P
 
"Meu pai foi diagnosticado com câncer de mama avançado em novembro do ano passado e está em cuidados paliativos. A maioria dos homens são diagnosticados muito tarde, porque eles jamais imaginam que possam estar com câncer de mama." C.R
 
"Não é da minha família e não comi alimentos errados, ok? Eu só tinha células ruins. Por favor, parem de me perguntar por quê? Eu realmente não sei." E.S
 
"A atmosfera de festa, muitas vezes em torno de promoções e campanhas, escondem os efeitos agressivos e devastadores do câncer de mama. Não estamos comemorando um feriado. Este não é um evento esportivo onde o lado que está vestindo a maioria das cores do time vence. Muitas mulheres atingidas pelo câncer de mama estão preocupadas com a forma de como a cultura de marketing rosa pode nos distrair do real objetivo de combater o câncer de mama. E como alguém diagnosticada com a doença em 2011, eu me sinto da mesma maneira. " S.C
 
"As cicatrizes internas e externas do câncer de mama podem ser assustadoras e enquanto você se sente, em parte, corajosa logo após encerrar algo do que enxerga como uma "batalha", você também sente medo do que virá pela frente. Por isso, parte de você - mesmo que lá no fundo - se preocupa com muitas questões que parecem superficiais para quem enxerga todo o câncer de fora." C.B
 
"Percebi na prática o que é incrivelmente difícil de se falar em determinadas situações sociais, especialmente no trabalho. Quando dava por mim, estava me sentindo deprimida. Em alguns momentos é muito desconfortável falar abertamente sobre questões do meu diagnóstico". L.H
 
"Ser abandonada por um amigo só porque ele não sabe o que dizer dói mais do que dizer a coisa errada. Eu não preciso dos meus amigos para resolver meus problemas. Eu só preciso de meus amigos. " P.M
 
"Se você realmente deseja ajudar alguém com câncer da mama, traga algumas refeições congeladas, leve as crianças para a escola ou também se ofereça para levá-la aos tratamentos. O que quero dizer é que, ajudar com pequenas coisas que parecem menos importantes no momento, são muito mais apreciadas por mim do que qualquer porcaria de fita cor de rosa (que simboliza apoio)". K.A
 
"Eu gostaria que as pessoas parassem de dizer 'salve a sua mama'... Há uma pessoa inteira que vale a pena salvar. Não apenas os seus seios." M.R
 
"Por favor, pare de dizer que é apenas um cabelo." L.C
 
"Se você colocou silicone, por favor, jamais se compare com alguém que teve um câncer de mama. Eu, por exemplo, gostaria que minhas amigas não ficassem comparando suas cirurgias com a minha reconstrução após a mastectomia bilateral. Vocês não sabem o que estão falando." E.C
 
"Eu gostaria que as pessoas parassem de usar o termo 'livre do câncer ', porque não existe ninguém que verdadeiramente esteja." P.C
 
"Quando você termina o tratamento, o sentido de 'lutar para sobreviver' se vai e no lugar aparecem novos elementos, como a depressão, ansiedade, dívidas, falta de oportunidades de trabalho e de perspectivas românticas, o medo do retorno do câncer e uma carga de outras questões que nenhum dos médicos nos conta. Você é deixada sozinha para descobrir e lidar com a porção de problemas que é a sua vida agora. Sua 'família câncer' - as outras pessoas com câncer e que te encontraram no caminho - se tornará sua família ao longo da vida e serão as pessoas que realmente entenderão o que você está passando ". E.M
 
"Eu gostaria que alguém pudesse me lembrar todos os dias que eu não estou MORRENDO de câncer, mas VIVENDO com ele." G.M
(65) 3615-5221
e-box - Sitevip InternetSitevip Internet