(65) 3615-5221
Menu

Nossos Serviços

Corpo Clínico

Guia Paciente

Convênios

Radioterapia

Ouvidoria

Onde Estamos

Notícias

Oncomed atende 60 pessoas durante o Ação Global no Sesi Cristo Rei

Publicado por Pau e Prosa Comunicação em 30/05/2018 às 08:41

Cerca de 60 pessoas foram atendidas pela Oncomed durante a 25ª edição do mutirão “Ação Global”, realizado no sábado (26 de maio), no Sesi Cristo Rei, em Várzea Grande. É o primeiro ano em que a clínica especializada em tratamento multidisciplinar do câncer participa voluntariamente da iniciativa, organizada pelo Sistema Federação da Indústria de Mato Grosso (Fiemt) e TV Centro América (TVCA).
A médica oncologista clínica da Oncomed, Cristina Guimarães Inocêncio, ressalta que a clínica também integra o “Multiação”, realizado mensalmente em diferentes bairros de Cuiabá e Várzea Grande. Em ambos o objetivo é o mesmo, realizar consultas e orientação à população. São 60 pessoas por edição, atendidas por meio de senha distribuída pela organização do evento.
O trabalho é realizado por dez médicos, entre cirurgiões oncológicos e oncologistas clínicos, que se revezam, explica Cristina. Dessa forma, além de não sobrecarregar os profissionais, também não há demora no atendimento aos pacientes. Eles passam, inicialmente, por uma entrevista que irá identificar se há alguma queixa ou a pessoa está somente em busca de informações sobre a doença.
A aposentada Brasilina Antonia de Arruda, de 68 anos, aproveitou a oportunidade para fazer uma consulta e elogiou a disponibilização dos serviços. “É difícil médico aqui e eu queria fazer uma consulta para ver como estão as coisas. É ótimo isso aqui. Da outra vez eu trouxe o meu marido para consultar”, contou. Segundo Cristina, ela foi encaminhada para fazer uma mamografia na Oncomed, que conta com uma filial da Imagens Medicina Diagnóstica.
A médica oncologista explica que o caso de Brasilina é um bom exemplo do atendimento realizado dentro dos mutirões. “Se o paciente tem alguma queixa, nós vamos tentar ver o que pode ser, se é pertinente, se pode ser câncer ou não. No caso das pacientes com mama a partir dos 40 anos, fazemos uma mamografia de cortesia. Depois analisamos o resultado”, descreveu. Se estiver normal, a Oncomed orienta a continuar realizando exames anuais. Se o resultado for positivo, o paciente é encaminhado para o Hospital Geral, onde há atendimento pelo SUS e pode ser acompanhado pela equipe da clínica.
Muitas pessoas vão até o estande em busca de informação. “A ideia é que a gente consiga trazer um pouco de educação porque, apesar da incidência ter aumentado nos últimos anos, a mortalidade vem diminuindo. É importante as pessoas terem essa noção. Quanto mais cedo ela procurar o médico mais cedo vai ser feito esse diagnóstico e mais chance tem de ser curada. É preciso tirar o estigma de que câncer é igual a morte. A gente tem que terminar com esse tipo de ideia, mudar a cultura das pessoas”.
(65) 3615-5221
e-box - Sitevip InternetSitevip Internet