(65) 3615-5221
Menu

Nossos Serviços

Corpo Clínico

Guia Paciente

Convênios

Radioterapia

Ouvidoria

Onde Estamos

Conheça a Oncomed

Radioterapia

A Radioterapia ONCOMED conta com o acelerador linear de elétrons ELEKTA SYNERGY PLATFORM, equipado com lâminas colimadoras MLCi2, painel de imagens digital de silício amorfo iViewGT, mesa de fibra de carbono iBeamEVO e o completo sistema de gerenciamento de tratamento MOSAIQ.

Esses dispositivos, atuando conjuntamente, é o que permitem a operação segura do procedimento de radioterapia, tornando possível aos profissionais garantir a reprodutibilidade das sessões de tratamento. Assim, é possível transformar um feixe simulado em software de planejamento em um tratamento concreto, garantindo a preservação de dose nos tecidos sadios e cobertura de dose nos tecidos doentes.

Com dois sistemas independentes de planejamento radioterápico, o XiO e o MONACO, a equipe pode trabalhar com os mais modernos sistemas de simulação de tratamento disponíveis no mundo, permitindo abordagens seguras e precisas.

Para uma visão geral das etapas que o paciente precisa enfrentar, destacamos os principais estágios dos cuidados com o procedimento.


 
ENTENDENDO A RADIOTERAPIA
Uma vez elegível ao tratamento, o paciente precisa passar por algumas etapas.

EXAME DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA

Esse exame vai permitir à equipe multidisciplinar escolher a melhor abordagem possível à região de tratamento, isto é, entregar a dose de prescrição poupando os tecidos sadios para que os efeitos colaterais sejam minimizados tanto quanto possível (Princípio ALARA - as low as reasonably achievable).

As imagens utilizadas para delineamento e planejamento radioterápico devem ser calibradas com equipamento específico. A utilização de imagens não calibradas pode resultar em erros da ordem de 1% no cálculo de dose, diminuindo a qualidade do tratamento.







DELINEAMENTO DOS VOLUMES ALVOS E ÓRGÃOS DE RISCO

O médico radioterapeuta é o responsável por delinear as estruturas alvo de acordo com as impressões diagnósticas de exames adicionais. Em complementação a biópsia, o médico poderá solicitar exames de ressonância magnética, PET-CT, ultrassonografias, videolaringoscopias, dentre outros. Esses exames auxiliarão na definição da extensão da lesão, customizando o tratamento exatamente para as
necessidades de cada paciente.

A ONCOMED possui todas as licenças disponíveis no mercado para fusão de imagens. A fusão automática de imagens aumenta consideravelmente a segurança no delineamento de estruturas, mas não substitui a experiência do médico.







PLANEJAMENTO RADIOTERÁPICO

O Físico Médico é o profissional responsável pela definição da melhor técnica a ser empregada e pelo setup mais adequado para cada paciente, de forma a garantir a reprodutibilidade do posicionamento. O planejamento é considerado finalizado ao atender a 2 requisitos básicos: dose de prescrição assegurada no volume de tratamento e dose em órgãos e tecidos sadios dentro das tolerâncias pré-estabelecidas em protocolos internacionais.

A Equipe de Radioterapia da ONCOMED busca atualizar continuamente seus protocolos de limitação de dose em órgãos e tecidos sadios através do programa de educação continuada com reuniões clínicas semanais e participação em eventos científicos.




CONTROLE DE QUALIDADE

Da mesma forma que um medicamento não pode ser lançado aos consumidores sem testes prévios, o paciente não deve ser submetido ao tratamento radioterápico sem um controle de qualidade que assegure a acurácia no processo de entrega de dose. Visto que todos os planejamentos são customizados para as necessidades de cada paciente, o controle de qualidade também é personalizado.

A ONCOMED dispõe, para controle de qualidade em IMRT e VMAT, da matriz rotacional de detectores Octavius4D, da PTW. Esse equipamento possibilita uma avaliação completa do espalhamento de dose por todo o volume irradiado, permitindo a detecção e correção para qualquer variação dos parâmetros ajustados da máquina.




VERIFICAÇÃO DO POSICIONAMENTO POR FILME DIGITAL

Após o Controle de Qualidade ser aprovado, o paciente pode iniciar o tratamento de radioterapia. Contudo, para que tenhamos sucesso no procedimento, precisamos garantir que o posicionamento do paciente com relação aos parâmetros da máquina esteja perfeito. Até agora, nos processos aqui apresentados, todas as etapas podem ser desfeitas e refeitas sem causar danos ao paciente. Esse é o momento crítico da radioterapia, pois transforma um tratamento virtual em um tratamento real.

A ONCOMED dispõe do sistema de gerenciamento de tratamento MOSAIQ e do painel digital de imagens iViewGT. Aliados a mesa robótica iBeamEVO, a equipe sabe como cada paciente deve ser posicionado. Parâmetros como rotação do quadril, distância fonte-pele e posição da mesa são ajustados e precisam coincidir para que o tratamento seja replicado diariamente.




LIBERAÇÃO DIÁRIA DO FEIXE DE TRATAMENTO

Somente após a liberação da posição da mesa, conferência de posicionamento com os lasers e verificação da distância fonte superfície - todos os parâmetros alinhados com os dados obtidos do planejamento de tratamento, o feixe é liberado para o acionamento no controle do acelerador linear.

No processo de simulação que ocorre no primeiro dia de tratamento, todos os parâmetros são salvos no gerenciador MOSAIQ. A partir desse instante, o tratamento só é autorizado se todas as variáveis estiverem conferindo com esse primeiro setup. Caso não esteja, o técnico precisa solicitar a liberação do campo de tratamento ao médico e físico responsáveis.




ACOMPANHAMENTO DO PACIENTE

Radioterapia pode desencadear algumas reações colaterais no paciente. O tipo e gravidade desses efeitos dependem de uma série de fatores, como área irradiada, dose, concomitância com quimioterapia, técnica empregada, dentre outros. Ainda que a área irradiada seja otimizada, uma parte do tecido sadio pode apresentar falhas.

No decorrer do tratamento, o paciente tem o direito de passar uma vez por semana com um médico radioterapeuta [1]. A ONCOMED conta ainda com equipe de enfermagem e técnicas de radioterapia dedicadas aos pacientes em tratamento radioterápico, de forma que a orientação e observância aos efeitos colaterais ocorrem diariamente.

[1] CNEN NN 6.10: Requisitos de Segurança e Proteção Radiológica para Serviços de Radioterapia. Art 17 Parágrafo VIII


FINALIZAÇÃO DO TRATAMENTO

O paciente que conclui a Radioterapia deve ser monitorado com relação aos seus efeitos colaterais e resultados do procedimento.

Ao encerrar o tratamento, a consulta de avaliação ocorre após 30 dias, quando o radioterapeuta avaliará os resultados da terapia, proverá cuidados adicionais, se for o caso, e solicitará exames para verificação do sucesso do tratamento. 
 
 
 
 
(65) 3615-5221
e-box - Sitevip InternetSitevip Internet